LEONARDO
BUSO

Planejar e reabilitar digitalmente: é possível?

DESCRIÇÃO

A etapa mais difícil de um tratamento sem dúvida é o planejamento. Diferentes possibilidades e técnicas são encontradas na literatura, todas com comprovação científica e clínica.
Nesta palestra vamos comparar um caso clínico planejado de duas formas: convencional e digital.
Na forma convencional foi realizado, JIG, montagem em articulador com arco facial e enceramento de diagnóstico. No digital, as arcadas foram escaneadas e as relações maxilomandibulares registradas de forma digital para montagem em articulador e enceramento de diagnóstico, também realizados de forma digital. Com isso tentaremos provar e validar que a tecnologia viabiliza este procedimento, facilitando e ajudando nos tratamento, com previsibilidade.

CURRÍCULO

Doutor em Prótese – UNESP São José dos Campos.
Prof. Curso Reabilitação Oral e Estética – São Paulo / SP.
Prof. Curso de Excelência em resinas e cerâmicas – IEO / Belo Horizonte.

AGENDA

SÁBADO / Dia 24
15:40 – 16:20 >> PALESTRA
16:20 – 16:30 >> PERGUNTAS & RESPOSTAS

PATROCINADOR